sábado, 2 de janeiro de 2010

BORIS CASOY x PRECONCEITO E ORGULHO: Coisas assim me deixam indignada!!!




Eu aprendi que todos temos uma função dentro de uma sociedade.


Não importa em que você trabalha, ou se não trabalha, não importa se você tem um Dr. na frente do nome, ou se você é analfabeto, se você é pobre ou rico, magro ou gordo, feio ou bonito, se mora numa casa maravilhosa ou debaixo da ponte, se ganha milhões ou se não tem um tostão furado no bolso... Quando morremos vamos todos pra debaixo da terra e seremos comidos pelos mesmos vermes...


E se existir uma outra vida depois disso como afirmam os espíritas, todos os bens materiais e todos os títulos que conseguimos juntar aqui neste mundo, neles irão ficar. Pois a nossa única bagagem pra ingressar na nova vida será o que levamos dentro de nosso coração.


E o que terá valor, será o bem que fizemos ao nosso próximo, a caridade, os bons sentimentos... Nossas virtudes...


Mas parece que quanto mais as pessoas são instruídas, têm mais dificuldades em aprender isso ou mais facilidade em desaprender... O dinheiro, a posição que ocupam e o meio que frequentam lhe sobem a cabeça.


O orgulho e o preconceito tomam contam de seus sentimentos como parasitas de um hospedeiro... Essas pessoas só enxergam títulos e bens materiais ao olhar pra outras pessoas...Pra elas, só tem valor aqueles que tem status e poder. Só consideram gente aqueles que possuem os valores que admiram e acham que só essas pessoas têm metas, sonhos, desejos e futuro.


É uma vergonha ver em cadeia nacional formadores de opinião como o Boris Casoy ( jornalista conceituado ), numa véspera de Ano Novo, agir com tanto preconceito... Como pode, na época em que estamos, com tanto progresso e tanta tecnologia nos rodeando ainda acontecer coisas assim ? E coisas assim me deixam indignada!!!


Nesta tarde, eu pretendia abrir os posts de 2010 com alegria, mas não me senti à vontade depois de assistir o vídeo acima e não poderia deixar isso passar em branco, e usando as palavras de Renato Russo na música indios termino esse post pedindo mais reflexão à humanidade como um todo.


"Quem me dera


Ao menos uma vez


Provar que quem tem mais


Do que precisa ter


Quase sempre se convence


Que não tem o bastante


Fala demais


Por não ter nada a dizer.



Quem me dera


Ao menos uma vez


Que o mais simples fosse visto


Como o mais importante


Mas nos deram espelhos


E vimos um mundo doente."


(Renato Russo)

9 comentários:

Tatiane disse...

Oii Morango..

Vim para lhe desejar um FELIZ 2010.
Cheio de realizações, alegrias, saúde e muita paz para sua vida.
Que seja um ano de renovação e muita esperança.

Abraços.

Wander Veroni disse...

Olá!

Senti vergonha alheia pelo Borys Casoy por tanto preconceito. Abri os trabalhos do Café com Notícias também com este assunto. Não tem como, né! O cara simplesmente estreou 2010 com um King Kong em cadeia nacional. Parabéns pelo post!

Abraço

Natália disse...

Nem gosto dele! Beijo

Sol Brito disse...

Indignada também!!!!

Sem comentários....é uma tristeza mesmo!!!!

Um excelente 2010 pra você!!

Beijos

O mundo de cada um disse...

Vou citar a frase que é bordão dele no jornal. Isso é uma vergonha!

Inez disse...

Como ele mesmo diz - É uma vergonha.
Ele esquece, assim como a maioria das pessoas, que o Gari e o lixeiro são os profissionais mais importante na cadeia da preservação da saúde.
Se não houver o lixeiro e o gari o trabalho do médico, do enfermeiro, do farmacêutico não terão muito valor porque haverá infecção e contaminações por todos os lados.
Um Feliz 2010 a você.

Vick disse...

Vc mandou bem neste post!

Bjs e Feliz 2010,
;-)
Vick

Marcélia Macidália disse...

Vim prestar minha solidariedade à opinião...
realmente foi infreliz em seu paupérrimo comentário.
Isso sim é uma vergonha.

El Brujo disse...

as reações me deixam feliz, assim como as tuas visitas e comentários!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...